4º Ano

Temos um leme nas mãos, que manejamos com todos, para um futuro que queremos melhor.

Queremos ser ouvintes mais cuidadosos, com menos pressa. Saber ver, atentamente, com os olhos do rosto e da alma.

Seremos capazes de mostrar aos outros o que passou por nós, o que sentimos que valeu a pena. Queremos ser capazes de contar e recontar.

Juntamo-nos a alguém para brincadeiras e descobertas, para adivinhar e sentir.

Seremos capazes de aprender, quando procuramos, quando damos mais um passo, quando paramos e pensamos, quando conseguimos mostrar como pensamos.

Vamos mais longe sempre que criamos abraços, obras, soluções, engenhos, poemas e sonhos.

Queremos ser finalistas de uma aventura, que pensando bem, não chegou ao fim, porque a vamos levar, de mochila em mochila, de caderno em caderno, de ano em ano, pelo tempo fora.

Que seja um ano bom. Faremos disso notícia ou festa.

Bem-vindos ao quarto ano!

A professora
Maria Anselmo

Maria Anselmo
Professora 1º Ciclo

Planificação Anual 1º Ciclo – 4º Ano

PORTUGUÊS

Oralidade

  • Selecionar informação relevante em função dos objetivos de escuta e registá-la por meio de técnicas diversas.
  • Distinguir informação essencial e acessória.
  • Distinguir entre informação implícita e explícita.
  • Usar a palavra para exprimir opiniões e partilhar ideias de forma audível, com boa articulação, entoação e ritmo adequados.
  • Realizar exposições breves, a partir de planificação.

Leitura

  • Ler textos com características narrativas de maior complexidade, associados a finalidades várias e em suportes variados.
  • Fazer uma leitura fluente e segura, que evidencie a compreensão do sentido dos textos.
  • Realizar leitura silenciosa e autónoma.
  • Explicitar ideias-chave do texto.
  • Identificar o tema do texto ou de partes do texto.
  • Exprimir uma opinião crítica acerca de aspetos do texto (do conteúdo e/ou da forma).
  • Mobilizar experiências e saberes no processo de construção de sentidos do texto.
  • Distinguir nos textos características do artigo de enciclopédia, da entrada de dicionário e do aviso (estruturação, finalidade).

Escrita

  • Escrever relatos (com situação inicial, peripécias e conclusão), com descrição e relato do discurso das personagens, representado por meio de discurso direto e de discurso indireto.
  • Utilizar processos de planificação, textualização e revisão, realizados de modo individual e/ou em grupo. Usar frases complexas para exprimir sequências e relações de consequência e finalidade.
  • Superar problemas associados ao processo de escrita por meio da revisão, com vista ao aperfeiçoamento de texto.
  • Redigir textos com utilização correta das formas de representação escrita (grafia, pontuação e translineação, configuração gráfica e sinais auxiliares da escrita).
  • Escrever textos, organizados em parágrafos, coesos, coerentes e adequados às convenções de representação gráfica.

Educação Literária

  • Ouvir ler textos literários e expressar reações de leitura de modo criativo.
  • Ler integralmente narrativas, poemas e textos dramáticos.
  • Antecipar o(s) tema(s) com base em noções elementares de género (contos de fada, lengalengas, poemas, etc.) em elementos do paratexto e nos textos visuais (ilustrações).
  • Compreender a organização interna e externa de textos poéticos, narrativos e dramáticos.
  • Compreender recursos que enfatizam o sentido do texto (onomatopeias, trocadilhos, interjeições, comparações).
  • Dramatizar textos e dizer em público, com expressividade e segurança, poemas memorizados.
  • Participar, de forma responsável e cooperante, em representações de textos dramáticos literários.
  • Manifestar ideias, sentimentos e pontos de vista suscitados por histórias ou poemas ouvidos ou lidos.
  • Desenvolver um projeto de leitura em que se integre compreensão da obra, questionamento e motivação de escrita do autor.

Gramática

  • Identificar a classe das palavras: determinante (interrogativo), preposição, pronome (pessoal, nas suas formas tónica e átonas, possessivo e demonstrativo).
  • Conjugar verbos regulares e irregulares no pretérito imperfeito do modo indicativo e no modo imperativo. Reconhecer diferentes processos para formar o feminino dos nomes e adjetivos.
  • Reconhecer a flexão nominal e adjetival quanto ao número e grau.
  • Aplicar formas átonas do pronome pessoal em frases afirmativas, em frases com negação e com advérbios pré-verbais.
  • Recorrer, de modo intencional e adequado, a conectores diversificados, em textos orais e escritos.
  • Aplicar processos de expansão e redução de frases.
  • Inferir o significado de palavras desconhecidas a partir da análise da sua estrutura interna (base, radical e afixos). Deduzir significados conotativos a palavras e/ou expressões que não correspondam ao sentido literal.
  • Compreender regras de derivação das palavras e formas de organização do léxico (famílias de palavras).
  • Reconhecer onomatopeias.
  • Explicitar regras de ortografia.

MATEMÁTICA

Números e operações

  • Ler e representar números no sistema de numeração decimal até ao milhão, identificar o valor posicional de um algarismo e relacionar os valores das diferentes ordens e classes.
  • Comparar e ordenar números naturais, realizar estimativas do resultado de operações e avaliar a sua razoabilidade.
  • Reconhecer relações numéricas e propriedades das operações e utilizá-las em situações de cálculo.
  • Reconhecer e memorizar factos básicos da multiplicação e da divisão.
  • Calcular com números racionais não negativos na representação decimal, recorrendo ao cálculo mental e a algoritmos.
  • Representar números racionais não negativos na forma de fração, decimal e percentagem, estabelecer relações entre as diferentes representações e utilizá-los em diferentes contextos, matemáticos e não matemáticos.
  • Conceber e aplicar estratégias na resolução de problemas com números naturais e números racionais não negativos em contextos matemáticos e não matemáticos, e avaliar a plausibilidade dos resultados.

Resolução de problemas / Raciocínio matemático / Comunicação matemática

  • Exprimir, oralmente e por escrito, ideias matemáticas, e explicar raciocínios, procedimentos e conclusões, recorrendo ao vocabulário e linguagem próprios da matemática.
  • Desenvolver interesse pela Matemática e valorizar o seu papel no desenvolvimento das outras ciências e domínios da atividade humana e social.
  • Desenvolver confiança nas suas capacidades e conhecimentos matemáticos, e a capacidade de analisar o próprio trabalho e regular a sua aprendizagem.
  • Desenvolver persistência, autonomia e à-vontade em lidar com situações que envolvam a Matemática no seu percurso escolar e na vida em sociedade.

Geometria e medida

  • Desenhar e descrever a posição de polígonos (triângulos, quadrados, retângulos, pentágonos e hexágonos) recorrendo a coordenadas, em grelhas quadriculadas.
  • Identificar propriedades de figuras planas e de sólidos geométricos e fazer classificações, justificando os critérios utilizados.
  • Medir comprimentos, áreas, volumes, capacidades e massas, utilizando e relacionando as unidades de medida do SI e fazer estimativas de medidas, em contextos diversos.
  • Conceber e aplicar estratégias na resolução de problemas envolvendo grandezas e propriedades das figuras geométricas no plano e no espaço, em contextos matemáticos e não matemáticos, e avaliar a plausibilidade dos resultados.

Organização e tratamento de dados

  • Analisar e interpretar informação de natureza estatística representada de diversas formas.
  • Resolver problemas envolvendo a organização e tratamento de dados em contextos familiares variados.
  • Comunicar raciocínios, procedimentos e conclusões, utilizando linguagem própria da estatística, baseando-se nos dados recolhidos e tratados.

ESTUDO DO MEIO

  • Saber colocar questões, levantar hipóteses, fazer inferências, comprovar resultados e saber comunicar, reconhecendo como se constrói o conhecimento.
  • Descrever de forma simplificada, e com recurso a representações do corpo humano, os ossos, os músculos e a pele, reconhecendo que o seu bom funcionamento implica cuidados específicos.
  • Reconhecer mecanismos simples de defesa do organismo, por exemplo, a pele como primeira barreira de proteção e prevenção de doenças.
  • Construir um friso cronológico com os factos e as datas relevantes da História de Portugal, destacando a formação de Portugal, a época da expansão marítima, o período filipino e a restauração, a Implementação da República e o 25 de Abril.
  • Conhecer personagens e aspetos da vida em sociedade relacionados com os factos relevantes da história de Portugal, com recurso a fontes documentais.
  • Reconhecer e valorizar o património natural e cultural.

Temas:

  • Ossos e músculos do corpo humano
  • A pele
  • Proteção solar e primeiros socorros
  • Prevenção de incêndios
  • Segurança antissísmica
  • História de Portugal
  • Manusear objetos e realizar experiências

CIDADANIA E DESENVOLVIMENTO

Interculturalidade

  • Compreender o conceito de cultura;
  • Reconhecer que existem diferentes culturas e cada uma é válida pela sua essência e que merecem respeito e paz;
  • Reconhecer que as culturas são enriquecidas pelo contato com outras pessoas.

Direitos Humanos

  • Aprofundar o conhecimento pelos direitos humanos;
  • Conhecer instituições internacionais que apoiam e desenvolvem trabalho no âmbito dos direitos humanos, por exemplo: Amnistia Internacional;
  • Reconhecer os princípios e valores em que a igualdade, a não discriminação, a dignidade e o respeito subjazem a todos os aspetos da vida de uma sociedade justa;
  • Identificar e propor estratégias de melhoria na nossa sociedade;
  • Manifestar atitudes promotoras de princípios ativistas da comunidade global.

CURRÍCULO DO OCEANO

O Oceano e a vida marinha têm uma forte ação na dinâmica da Terra.

  Localização no espaço e no tempo

  • Reconhecer o mar, os ventos e os rios como agentes de erosão.
  • Saber que ao longo dos anos as alterações do nível do mar mudaram a superfície terrestre.
  • Compreender a formação da areia.

O Oceano exerce uma influência importante no clima.

Conhecimento do meio natural e social

  • Reconhecer que o Oceano exerce um controlo fundamental sobre o clima e as condições meteorológicas.
  • Reconhecer que a maior parte da precipitação resulta da água que se evapora do Oceano.

O Oceano permite que a Terra seja habitável.

Localização no espaço e no tempo

  • Reconhecer a possibilidade de ter sido no Oceano que surgiram as primeiras formas de vida.

O Oceano suporta uma imensa diversidade de vida e de ecossistemas.

 Localização no espaço e no tempo

  • Reconhecer o Oceano como um vasto espaço vital com diferentes habitats, desde a superfície até ao fundo.

Conhecimento do meio natural e social

  • Considerar que no Oceano se encontram organismos de tamanhos muito diferentes.

O Oceano e a humanidade estão fortemente interligados.

Localização no espaço e no tempo

  • Reconhecer o Oceano como fonte de inspiração, recreação e descoberta.

Conhecimento do meio natural e social

  • Entender que o Oceano fornece grande parte do oxigénio disponível da Terra.
  • Reconhecer que a atividade e o desenvolvimento humanos causam poluição e alterações físicas.
  • Reconhecer que todos somos responsáveis por proteger o Oceano.

Dinamismo das inter-relações natural-social

  • Reconhecer a importância do Oceano para a obtenção de alimento, medicamentos e recursos vivos e não vivos.
  • Compreender que o Oceano cria empregos, apoia a economia do país e serve de via para o transporte de pessoas e mercadorias.
  • Estimular ações individuais e coletivas, necessárias para gerir de modo eficaz os recursos do Oceano.

Há muito por descobrir e explorar no Oceano.

Conhecimento do meio natural e social

  • Descobrir estratégias para uma utilização sustentável dos recursos.
  • Reconhecer a importância da pesquisa e do estudo para uma maior compreensão do Oceano.

Dinamismo das inter-relações natural-social

  • Reconhecer que as novas tecnologias, sensores e ferramentas potenciam a nossa capacidade de explorar o Oceano.

EXPRESSÃO E EDUCAÇÃO PLÁSTICA

Apropriação e reflexão

  • Observar os diferentes universos visuais, tanto do património local como global.
  • Mobilizar a linguagem elementar das artes visuais (cor, forma, linha, textura, padrão, proporção e desproporção, plano, luz, espaço, volume, movimento, ritmo, matéria).

Interpretação e comunicação

  • Dialogar sobre o que vê e sente.
  • Compreender a intencionalidade dos símbolos e dos sistemas de comunicação visual.
  • Apreciar as diferentes manifestações artísticas e outras realidades visuais.
  • Perceber as razões e os processos para o desenvolvimento do(s) gosto(s).
  • Captar a expressividade contida na linguagem das imagens e/ou outras narrativas visuais.
  • Transformar os conhecimentos adquiridos em novos modos de apreciação do mundo através da comparação de imagens e/ou os objetos.

Experimentação e criação

  • Integrar a linguagem das artes visuais, assim como várias técnicas de expressão
    • pintura - desenho - técnica mista - assemblage - escultura - maqueta - fotografia...
  • Experimentar possibilidades expressivas dos materiais e diferentes técnicas
    • carvão - pasta de modelar - barro - tinta cenográfica - pincéis e trinchas - rolos - papéis de formatos e características diversas - pastel seco
  • Escolher técnicas e materiais de acordo com a intenção expressiva das suas produções plásticas.
  • Manifestar capacidades expressivas e criativas nas suas produções plásticas.
  • Utilizar vários processos de registo de ideias, de planeamento e de trabalho.
  • Apreciar os seus trabalhos e os dos seus colegas, mobilizando diferentes critérios de argumentação.

DANÇA /EXPRESSÃO DRAMÁTICA / TEATRO

Apropriação e reflexão                                                                                                                                                                                   

  • Distinguir diferentes possibilidades de movimentação do corpo, no espaço.
  • Adequar movimentos do corpo com estruturas rítmicas marcadas pelo professor integrando diferentes elementos do tempo e da dinâmica.
  • Utilizar movimentos do corpo com diferentes relações (os outros, o espaço, objetos, ambientes
  • Identificar diferentes estilos e géneros de dança ou teatro, através da observação de diversas manifestações do património artístico
  • Relacionar a apresentação de obras de dança ou teatro com o património artístico, compreendendo e valorizando as diferenças
  • Contextualizar conceitos fundamentais dos universos coreográficos/performativos
  • Reconhecer a dimensão multidisciplinar do teatro
  • Identificar, em manifestações performativas, personagens, cenários, ambientes…
  • Reconhecer diferentes formas de usar a voz: altura, ritmo e intensidade

Interpretação e comunicação

  • Reconhecer os efeitos benéficos e o valor do desempenho artístico
  • Interagir com os colegas e o professor sobre as experiências de movimento
  • Interpretar o seu papel coreográfico
  • Interagir com os colegas no sentido da procura do sucesso pessoal e o do grupo
  • Emitir apreciações e críticas pessoais sobre trabalhos observados em diferentes contextos
  • Distinguir jogo dramático, improvisação e representação
  • Reconhecer especificidades do texto dramático
  • Exprimir opiniões pessoais

Experimentação e criação

  • Explorar e apresentar possibilidades motoras e expressivas do corpo em diferentes atividades
  • Adequar as possibilidades expressivas da voz a diferentes contextos e situações
  • Transformar objetos experimentando materiais e técnicas para obter efeitos distintos
  • Construir personagens
  • Produzir, sozinho ou em grupo, pequenas cenas
  • Construir ou recriar, individualmente ou em grupo, sequências de movimento/pequenas coreografias a partir de estímulos vários