4º Ano

Somos Finalistas!

Chegámos à reta final deste ciclo. Tem sido um tempo de aprendizagem e crescimento, onde a magia, o estudo, a brincadeira, o afeto e o bem querer, têm andado de mãos dadas.

Este será um ano de adquirir novos conhecimentos e de consolidar aprendizagens; de solidificar a autonomia, desenvolver a capacidade de questionar, investigar, criar e sistematizar; ganhar robustez na nossa personalidade, firmar os nossos valores e fortalecer laços. Há que preparar bem a bagagem que foi sendo ternamente construída desde quando aqui chegámos e levaremos connosco para outras paragens.

Este será sem dúvida, mais um ano extraordinário, cheio de aprendizagens com muitos jogos e projetos, onde o carinho será sempre massa que une e ajuda a crescer, respeitando a individualidade e as características de cada um. Pois somos um grupo que prima pela união, mas também brilha pela diversidade.

O futuro está nas nossas mãos, será o que sonharmos e dependerá do que fizermos em cada momento presente.

A professora
Maria Borges Ribeiro

Maria Borges Ribeiro
Professora Sala 4º ano

 

Planificação Anual 1º Ciclo – 4º Ano

PORTUGUÊS

Oralidade

  • Escutar para aprender e construir conhecimentos.
  • Utilizar técnicas para registar e reter a informação.
  • Produzir um discurso oral com correção.
  • Produzir discursos com diferentes finalidades, tendo em conta a situação e o interlocutor.
  • Participar em atividades de expressão oral orientada, respeitando regras e papéis específicos.

Leitura e escrita

  • Ler em voz alta palavras e textos.
  • Ler textos diversos.
  • Apropriar-se de novos vocábulos.
  • Organizar os conhecimentos do texto.
  • Relacionar o texto com conhecimentos anteriores e compreendê-lo.
  • Monitorizar a compreensão.
  • Elaborar e aprofundar ideias e conhecimentos.
  • Desenvolver o conhecimento da ortografia.
  • Mobilizar o conhecimento da representação gráfica e da pontuação.
  • Planificar a escrita de textos.
  • Redigir corretamente.
  • Escrever textos narrativos informativos dialogais descritivos convites e cartas.
  • Rever textos escritos.

Educação Literária

  • Ler e ouvir ler textos literários.
  • Compreender o essencial dos textos escutados e lidos.
  • Ler para apreciar textos literários.
  • Dizer e escrever, em termos pessoais criativos.

Gramática

  • Classificar palavras quanto à posição da sílaba tónica.
  • Classificar palavras quanto ao número de sílabas.
  • Distinguir sílaba tónica da átona.
  • Organizar famílias de palavras.
  • Identificar radicais.
  • Formar o plural dos nomes e adjetivos terminados em consoante.
  • Formar o feminino de nomes terminados em consoante.
  • Fazer variar os nomes em grau (aumentativo e diminutivo).
  • Identificar os graus dos adjetivos e proceder a alterações de grau.
  • Conjugar verbos regulares e verbos irregulares muito frequentes no indicativo (pretérito perfeito, pretérito imperfeito e futuro) e no imperativo.
  • Relacionar os pronomes pessoais com os nomes que substituem.
  • Integrar as palavras nas classes a que pertencem:
    • a) nome: próprio e comum, comum coletivo
    • b) adjetivo: qualificativo e numeral
    • c) verbo
    • d) quantificador numeral
  • Analisar e estruturar unidades sintáticas.
  • Distinguir discurso direto de discurso indireto.

 

MATEMÁTICA

Números e operações

  • Ler e representar números no sistema de numeração decimal até ao milhão, identificar o valor posicional de um algarismo e relacionar os valores das diferentes ordens e classes.
  • Reconhecer que se poderia prosseguir a contagem indefinidamente.
  • Efetuar a decomposição decimal de qualquer número até um milhão.
  • Saber que existem diferentes significados do termo: bilião.
  • Arredondar um número natural.
  • Utilizar o algoritmo da divisão para efetuar divisões inteiras com divisores de um ou dois algarismos.
  • Utilizar os algoritmos da adição, da subtração e da multiplicação.
  • Leitura de números por classes e por ordens.
  • Saber de memória todas as tabuadas da multiplicação até ao 12.
  • Identificar múltiplos de um número.
  • Determinar os divisores de um número natural até 100.
  • Regras para multiplicar e dividir por 10, 100 e 1000.
  • Resolver problemas envolvendo a determinação de termos de uma sequência.
  • Comparar e ordenar números naturais, realizar estimativas do resultado de operações e avaliar a sua razoabilidade.
  • Reconhecer relações numéricas e propriedades das operações e utilizá-las em situações de cálculo.
  • Calcular com números racionais não negativos na representação decimal, recorrendo ao cálculo mental e a algoritmos.
  • Representar números racionais não negativos na forma de fração, decimal e percentagem, estabelecer relações entre as diferentes representações e utilizá-los em diferentes contextos, matemáticos e não matemáticos.
  • Utilizar as frações como representação de medida de comprimento e de outras grandezas.
  • Construir frações equivalentes por multiplicação dos termos por um mesmo fator.
  • Simplificar frações multiplicando o numerador e o denominador pelo mesmo número natural.
  • Ordenar frações com o mesmo denominador.
  • Adicionar e subtrair números racionais representados por frações com o mesmo denominador.
  • Multiplicar e dividir números racionais por naturais e por racionais na forma de fração unitária.
  • Representar frações decimais na forma de dízimas finitas.
  • Resolver problemas de vários passos envolvendo números naturais ou racionais e as quatro operações.
  • Reconhecer regularidades em sequências e em tabelas numéricas, e formular e testar conjeturas.
  • Exprimir, oralmente e por escrito, ideias matemáticas, e explicar raciocínios, procedimentos e conclusões, recorrendo ao vocabulário e linguagem próprios da matemática (convenções, notações, terminologia e simbologia).
  • Desenvolver interesse pela Matemática e valorizar o seu papel no desenvolvimento das outras ciências e domínios da atividade humana e social.
  • Desenvolver confiança nas suas capacidades e conhecimentos matemáticos, e a capacidade de analisar o próprio trabalho e regular a sua aprendizagem.
  • Desenvolver persistência, autonomia e à-vontade em lidar com situações que envolvam a Matemática no seu percurso escolar e na vida em sociedade.

Geometria e medida

  • Reconhecer e relacionar as medidas de comprimento, massa e capacidade.
  • Distinguir polígonos e linhas poligonais.
  • Identificar sólidos geométricos – poliedros e não poliedros.
  • Reconhecer e representar segmentos de reta paralelos e perpendiculares.
  • Reconhecer retas concorrentes, perpendiculares e paralelas.
  • Identificar retas não paralelas que não se intersetam.
  • Utilizar coordenadas em grelhas quadriculadas.
  • Identificar circunferências, círculos, superfícies esféricas e esferas.
  • Diferenciar centro, raio e diâmetro.
  • Determinar o perímetro de um polígono.
  • Determinar áreas de figuras.
  • Ler e escrever a medida do tempo apresentada num relógio de ponteiros em horas e minutos.
  • Efetuar conversões de medidas de tempo.
  • Associar o termo “ângulo” a um par de direções relativas a um observador.
  • Utilizar e compreender o termo “vértice” de um ângulo.
  • Relacionar a meia-volta e o quarto de volta com os ângulos.
  • Reconhecer ângulos convexos, côncavos e verticalmente opostos.
  • Reconhecer ângulos nulos, rasos e giros.
  • Reconhecer ângulos adjacentes.
  • Reconhecer ângulos retos, agudos e obtusos.
  • Identificar propriedades de figuras planas e de sólidos geométricos e fazer classificações, justificando os critérios utilizados.
  • Conceber e aplicar estratégias na resolução de problemas envolvendo grandezas e propriedades das figuras geométricas no plano e no espaço, em contextos matemáticos e não matemáticos, e avaliar a plausibilidade dos resultados.

Organização e tratamento de dados

  • Utilizar tabelas de frequências absolutas e gráficos.
  • Identificar a moda de um conjunto de dados.
  • Representar conjuntos de dados em diagramas de caule-e-folhas.
  • Identificar o mínimo, o máximo e a amplitude de um conjunto de dados numéricos.
  • Identificar a frequência relativa.
  • Resolver problemas envolvendo análise e organização de dados, frequência absoluta.
  • Reconhecer e dar exemplos de acontecimentos certos e impossíveis, e acontecimentos possíveis (prováveis e pouco prováveis).
  • Resolver problemas envolvendo a organização e tratamento de dados em contextos familiares variados.
  • Planear e conduzir investigações usando o ciclo da investigação estatística (formular questões, escolher métodos de recolha de dados, selecionar formas de organização e representação de dados, analisar e concluir).
  • Comunicar raciocínios, procedimentos e conclusões, utilizando linguagem própria da estatística, baseando-se nos dados recolhidos e tratados.

ESTUDO DO MEIO

À DESCOBERTA DE SI MESMO

O SEU CORPO

  • Reconhecer a existência dos ossos e as suas funções.
  • Identificar ossos do esqueleto humano.
  • Reconhecer a existência de músculos e reconhecer as suas funções.
  • Observar os músculos em representações do corpo humano.
  • Identificar as características e as funções da pele.

A SEGURANÇA DO SEU CORPO

  • Identificar cuidados a ter com a exposição ao sol.
  • Conhecer regras de primeiros socorros.
  • Conhecer e aplicar regras de prevenção de incêndios
  • Conhecer e aplicar regras de segurança, antes, durante e depois de um sismo.

À DESCOBERTA DOS OUTROS E DAS INSTITUIÇÕES

  • Conhecer personagens e factos da história nacional.
  • Conhecer os factos históricos que se relacionam com os feriados nacionais e o seu significado.
  • Localizar, no tempo, factos estudados.
  • Conhecer o século como unidade de tempo.
  • Reconhecer símbolos nacionais: a bandeira e o hino.

CURRÍCULO DO OCEANO

Princípio 1 - A Terra tem um Oceano global e muito diverso.

Localização no espaço e no tempo

  • Localizar os oceanos em diferentes mapas e globos.
  • Conhecer as características da água do mar em comparação com a água doce, como a salinidade e a densidade.
  • Compreender a proveniência de sal da água do mar.

Conhecimento do meio natural e social

  • Reconhecer o Oceano como componente física dominante.
  • Conhecer diferenças no relevo das bacias oceânicas.
  • Compreender a formação das marés.
  • Entender o Oceano como parte integral do ciclo da água.

Dinamismo das inter-relações natural-social

  • Entender os rios como transportadores de poluentes para o Oceano.

Princípio 2 - O Oceano e a vida marinha têm uma forte ação na dinâmica da Terra.

Localização no espaço e no tempo

  • Reconhecer o mar, os ventos e os rios como agentes de erosão.
  • Reconhecer diferenças no relevo costeiro que resultam da atividade tectónica, bem como das alterações do nível do mar e da força das ondas.
  • Saber que ao longo dos anos as alterações do nível do mar mudaram a superfície terrestre.
  • Compreender a formação da areia.
  • Reconhecer que muitas das rochas sedimentares e vulcânicas agora expostas em terra se formaram no Oceano.

Princípio 3 - O Oceano exerce uma influência importante no clima.

Conhecimento do meio natural e social

  • Reconhecer que o Oceano exerce um controlo fundamental sobre o clima e as condições meteorológicas.
  • Reconhecer que a maior parte da precipitação resulta da água que se evapora do Oceano.

Princípio 4 - O Oceano permite que a Terra seja habitável.

Localização no espaço e no tempo

  • Reconhecer a possibilidade de ter sido no Oceano que surgiram as primeiras formas de vida.

Princípio 5 - O Oceano suporta uma imensa diversidade de vida e de ecossistemas.

Localização no espaço e no tempo
Conhecimento do meio natural e social

  • Reconhecer o Oceano como um vasto espaço vital com diferentes habitats, desde a superfície até ao fundo.
  • Reconhecer que a diversidade de alguns grupos de organismos é muito maior no Oceano do que em terra.
  • Considerar que no Oceano se encontram organismos de tamanhos muito diferentes – de pequenos vírus ao maior animal que habita a Terra.
  • Compreender que os habitats oceânicos são definidos por fatores ambientais.
  • Reconhecer que os estuários disponibilizam áreas importantes e produtivas de viveiro a muitas espécies marinhas.
  • Compreender que a vida no Oceano fornece exemplos únicos de ciclos de vida, adaptações e relações importantes entre os organismos.

Princípio 6 - O Oceano e a humanidade estão fortemente interligados.

Localização no espaço e no tempo

  • Reconhecer o Oceano como fonte de inspiração, recreação e descoberta.

Conhecimento do meio natural e social

  • Entender que o Oceano fornece grande parte do oxigénio disponível da Terra.
  • Reconhecer que a maioria da população mundial vive em zonas costeiras.
  • Reconhecer que a atividade e o desenvolvimento humanos causam poluição e alterações físicas nas praias, costas e rios.
  • Identificar desastres naturais relacionados com zonas costeiras.
  • Reconhecer que todos somos responsáveis por proteger o Oceano.
  • Reconhecer que o Oceano sustenta a vida na Terra e o ser humano tem de viver de forma a contribuir para essa sustentabilidade.

Dinamismo das inter-relações natural-social

  • Reconhecer a importância do Oceano para a obtenção de alimento, medicamentos e recursos vivos e não vivos.
  • Compreender que o Oceano cria empregos, apoia a economia do país, serve de via para o transporte de pessoas e mercadorias e desempenha um papel importante na segurança nacional.
  • Estimular ações individuais e coletivas, necessárias para gerir de modo eficaz os recursos do Oceano.

Princípio 7 - Há muito por descobrir e explorar no Oceano Conhecimento do meio natural e social

Conhecimento do meio natural e social

  • Tomar consciência do aumento da exploração dos recursos marinhos e suas consequências.
  • Descobrir estratégias para uma utilização sustentável dos recursos.
  • Reconhecer a importância da pesquisa e do estudo para uma maior compreensão do Oceano.

Dinamismo das inter-relações natural-social

  • Reconhecer que as novas tecnologias, sensores e ferramentas potenciam a nossa capacidade de explorar o Oceano.