2º Ano

Agora os nossos passos são maiores e cada vez mais capazes.
Este ano vamos conhecer-nos ainda melhor. Olhar, ouvir. Partilhar. Dizer. Aproveitar muito bem o tempo para sentirmos que somos bons companheiros.
Teremos muito para descobrir nas palavras, nas imagens e nas experiências de todos. Dentro e fora do nosso espaço. Vamos saber mais. Vamos fazer coisas que imaginávamos difíceis. Vamos melhorar e bater palmas ao que conseguimos fazer.
Vamos usar o que já temos e sabemos para lermos e escrevermos cada vez mais e melhor. Vamos crescer com os números e com o que estes podem fazer. Nas nossas mãos podem surgir surpresas porque é bom criar e experimentar. O nosso corpo vai chegar mais longe porque os passos vão ser maiores.
Assim, podemos ir à procura do que nos pode surpreender e enriquecer.
Pode ser sempre assim, enquanto estamos nesta escola. Mas cada ano é único e especial. Que bom que é recomeçar!
Bem-vindos ao segundo ano!

A Professora
Maria Anselmo

Maria Anselmo
Professora Sala de 2º ano

Planificação Anual 1º Ciclo – 2º Ano

PORTUGUÊS

Oralidade

  • Identificar intenções comunicativas de textos orais (perguntas, afirmações, exclamações, ordens, pedidos).
  • Selecionar informação relevante em função dos objetivos de escuta e registb-la por meio de técnicas diversas.
  • Falar com clareza e articular de modo adequado as palavras.
  • Usar a palavra na sua vez e empregar formas de tratamento adequadas na interação oral.
  • Variar adequadamente a entoação e o ritmo discursivo em função da finalidade comunicativa.
  • Recontar histórias e narrar situações vividas e imaginadas.

Leitura e escrita

  • Recitar todo o alfabeto na ordem das letras, sem cometer erros de posição relativa.
  • Associar a cada letra do alfabeto as respetivas formas maiúscula e minúscula.
  • Compreender o sentido de textos com características narrativas e descritivas, associados a finalidades diferentes.
  • Mobilizar as suas experiências e saberes no processo de construção de sentidos do texto.
  • Identificar informação explícita no texto.
  • Ler com articulação correta, entoação e velocidade adequadas ao sentido dos textos.
  • Recriar pequenos textos em diferentes formas de expressão (verbal, gestual, corporal, musical, plástica).
  • Escrever corretamente palavras com todos os tipos de sílabas, com utilização correta dos acentos gráficos e do til.
  • Escrever frases e textos curtos com diversas finalidades (narrar, informar, explicar).
  • Utilizar o ponto final na delimitação de frases e a vírgula em enumerações e em mecanismos de coordenação.
  • Proceder à revisão de texto.

Iniciação à Educação Literária

  • Ouvir ler obras literárias e textos da tradição popular.
  • Valorizar a diversidade cultural dos textos (ouvidos ou lidos).
  • Ler narrativas e poemas adequados a idade, por iniciativa própria ou de outrem.
  • Antecipar o(s) tema(s) com base em noções elementares de género (contos de fadas, lengalengas, poemas, etc.).
  • Compreender narrativas literárias e explicitar o sentido dos poemas escutados ou lidos.
  • Dizer trava-línguas, lengalengas e poemas memorizados, de modo a incluir treino da voz, dos gestos, pausas, entoação e expressão facial.
  • Manifestar preferências, de entre textos lidos, e explicar as reações derivadas da leitura.
  • Selecionar livros para leitura pessoal e apresentar as razões das suas escolhas.

Gramática

  • Identificar palavras com significados semelhantes e opostos.
  • Classificar as palavras quanto ao número de sílabas.
  • Identificar e distinguir sílaba tónica de átona.
  • Identificar a classe das palavras: determinante artigo, nome (próprio e comum).
  • Reconhecer diferentes processos para formar o feminino dos nomes e adjetivos.
  • Reconhecer a flexão nominal e adjetival quanto ao número.
  • Conhecer as estruturas de coordenação copulativa e disjuntiva.
  • Usar de modo intencional e com adequação conectores de tempo, de causa, de explicação e de contraste.
  • Mobilizar as regras de ortografia, ao nível da correspondência grafema-fonema e da utilização dos sinais de escrita.

MATEMÁTICA

Geometria e medida

  • Ler e interpretar calendários e horários.
  • Identificar a direção de um objeto ou de um ponto, relativamente a quem observa.
  • Utilizar os termos “volta inteira”, “meia volta”, “quarto de volta”, “virar a direita” e “virar a esquerda” do ponto de vista do observador.
  • Identificar, numa grelha, pontos equidistantes.
  • Representar itinerários numa grelha.
  • Identificar a semirreta como um conjunto de pontos.

Números e operações

  • Identificar e dar exemplos de números pares e ímpares.
  • Utilizar corretamente os numerais ordinais até “vigésimo”.
  • Ler e interpretar números no sistema de numeração decimal até 1000.
  • Identificar o valor posicional de um algarismo.
  • Relacionar, entre si, unidades, dezenas e centenas.
  • Saber de memória a soma de dois quaisquer números de um algarismo.
  • Calcular recorrendo à representação horizontal do cálculo, usando diversas estratégias.
  • Subtrair fluentemente números naturais até 20.
  • Adicionar ou subtrair um número com 10 ou 100.
  • Adicionar dois ou mais números naturais cuja soma seja inferior a 1000, com representação vertical do cálculo.
  • Subtrair dois números naturais até 1000, com representação vertical do cálculo.
  • Efetuar multiplicações adicionando parcelas iguais.
  • Conceber e aplicar estratégias na resolução de problemas com números naturais, em contextos matemáticos e não matemáticos, e avaliar a plausibilidade dos resultados.
  • Reconhecer e descrever regularidades em sequências e em tabelas numéricas.
  • Exprimir, oralmente e por escrito, ideias matemáticas, e explicar raciocínios, procedimentos e conclusões.
  • Desenvolver interesse pela Matemática e valorizar o seu papel no desenvolvimento das outras ciências e domínios da atividade humana e social.
  • Desenvolver confiança nas suas capacidades e conhecimentos matemáticos, e a capacidade de analisar o próprio trabalho e regular a sua aprendizagem.
  • Desenvolver persistência, autonomia e à-vontade em lidar com situações que envolvam a Matemática.

Organização e tratamento de dados

  • Determinar a reunião e a interseção de dois conjuntos.
  • Construir e interpretar diagramas de Venn e de Caroll.
  • Classificar objetos de acordo com um ou dois critérios.
  • Ler tabelas de frequências absolutas, gráficos de pontos e pictogramas em diferentes escalas.
  • Recolher dados utilizando esquemas de contagem e representá-los em tabelas de frequências absolutas.
  • Representar dados através de gráficos de pontos e de pictogramas.
  • Comunicar raciocínios, procedimentos e resultados baseando-se nos dados recolhidos e tratados.

ESTUDO DO MEIO

À DESCOBERTA DE SI MESMO

  • Reconhecer datas e factos significativos na sua história e da sua família.
  • Reconhecer o mês e o ano como unidades de tempo.
  • Identificar o ano comum e o ano bissexto.
  • Localizar, em mapas, alguns locais importantes para si e para a sua família.
  • Localizar Portugal, na Europa e no Mundo, em diferentes representações cartográficas, reconhecendo as suas fronteiras.
  • Conhecer os órgãos dos sentidos.
  • Distinguir alguns órgãos do corpo humano associando-os à sua função vital.
  • Reconhecer modificações no seu corpo.
  • Associar os ossos e os músculos à posição, ao movimento e ao equilíbrio.
  • Refletir sobre comportamentos e atitudes que ocorrem para o bem-estar físico e psicológico, individual e coletivo.
  • Identificar situações e comportamentos de risco para a saúde e a segurança individual e coletiva.

À DESCOBERTA DOS OUTROS E DAS INSTITUIÇÕES

  • Conhecer o seu passado próximo familiar e a importância de algumas fontes documentais.

À DESCOBERTA DOS MATERIAIS E OBJETOS

  • Reconhecer a utilidade de alguns objetos.
  • Conhecer e aplicar alguns cuidados na utilização de objetos.
  • Distinguir objetos e alimentos pelo cheiro, sabor, textura, forma…
  • Saber colocar questões, levantar hipóteses, fazer inferências, comprovar resultados e saber comunicar, reconhecendo como se constrói o conhecimento.
  • Distinguir vantagens e desvantagens da utilização de recursos tecnológicos (analógicos e digitais) do seu quotidiano.

CURRÍCULO DO OCEANO

Princípio 1 - A Terra tem um Oceano global e muito diverso.
Localização no espaço e no tempo

  • Conhecer que a maior parte da superfície da terra é coberta por Oceano.
  • Descobrir que a maior parte da água da Terra encontra-se no Oceano e é salgada.
  • Observar os Oceanos no mapa e no globo.
  • Identificar o Oceano que banha a costa portuguesa.

Conhecimento do meio natural e social

  • Reconhecer o Oceano como parte integral do ciclo da água.
  • Reconhecer os rios como agentes de transporte de sais, sedimentos e poluentes para o Oceano.
  • Identificar as diferenças entre água doce e salgada a nível de densidade e salinidade.

Princípio 2 - O Oceano e a vida marinha têm uma forte ação na dinâmica da Terra.
Localização no espaço e no tempo

  • Perceber que a ação das ondas e do vento vai alterando a paisagem das zonas costeiras.
  • Descobrir que a areia é constituída por fragmentos de animais, plantas, rochas e minerais.

Princípio 3 - O Oceano exerce uma influência importante no clima.
Conhecimento do meio natural e social

  • Reconhecer que a maior parte da precipitação resulta, originalmente, da água que se evapora do Oceano.

Princípio 5 - O Oceano suporta uma imensa diversidade de vida e de ecossistemas.
Conhecimento do meio natural e social

  • Reconhecer que a maior parte do espaço vital da Terra se encontra no Oceano.
  • Descobrir que a diversidade de alguns grupos de organismos é muito maior no Oceano do que em terra.
  • Reconhecer que no Oceano existem organismos de tamanho muito diversificado.
  • Descobrir o que é um ecossistema e reconhecer que o Oceano abriga vários.
  • Reconhecer que existem relações importantes entre os organismos que vivem no Oceano (alimentação).
  • Saber a importância das marés.

Princípio 6 - O Oceano e a humanidade estão fortemente interligados.
Conhecimento do meio natural e social / Dinamismo das inter-relações natural-social

  • Reconhecer que o Oceano fornece grande parte do oxigénio.
  • Reconhecer o Oceano como fonte de recursos vivos e não vivos, nomeadamente alimentos e medicamentos.
  • Associar o Oceano a diferentes profissões e meios de transporte.
  • Reconhecer que o Oceano é fonte de inspiração, recreação e descoberta.
  • Reconhecer que a atividade e o desenvolvimento humanos causam poluição e alterações físicas nas praias, costas e rios.
  • Reconhecer que todos somos responsáveis por proteger o Oceano.

Princípio 7 - Há muito por descobrir e explorar no Oceano
Conhecimento do meio natural e social

  • Descobrir estratégias para uma utilização sustentável dos recursos.

Dinamismo das inter-relações natural-social

  • Entender que as novas tecnologias potenciam a nossa capacidade de exploração e maior conhecimento do Oceano.

EXPRESSÃO PLÁSTICA

Apropriação e reflexão

  • Observar os diferentes universos visuais, tanto do património local como global.
  • Mobilizar a linguagem elementar das artes visuais (cor, forma, linha, textura, padrão, proporção e desproporção, plano, luz, espaço, volume, movimento, ritmo, matéria).

Interpretação e comunicação

  • Dialogar sobre o que vê e sente.
  • Compreender a intencionalidade dos símbolos e dos sistemas de comunicação visual.
  • Apreciar as diferentes manifestações artísticas e outras realidades visuais.
  • Perceber as razões e os processos para o desenvolvimento do(s) gosto(s).
  • Captar a expressividade contida na linguagem das imagens e/ou outras narrativas visuais.
  • Transformar os conhecimentos adquiridos em novos modos de apreciação do mundo através da comparação de imagens e/ou os objetos.

Experimentação e criação

  • Integrar a linguagem das artes visuais, assim como várias técnicas de expressão
    - pintura - desenho - técnica mista - assemblage - land’art - escultura - maqueta - fotografia...
  • Experimentar possibilidades expressivas dos materiais e diferentes técnicas
    - carvão - pasta de modelar - barro - pastel seco - tinta cenográfica - pincéis e trinchas - rolos - papéis de formatos e características diversas
  • Escolher técnicas e materiais de acordo com a intenção expressiva das suas produções plásticas.
  • Manifestar capacidades expressivas e criativas nas suas produções plásticas.
  • Utilizar vários processos de registo de ideias, de planeamento e de trabalho.
  • Apreciar os seus trabalhos e os dos seus colegas, mobilizando diferentes critérios de argumentação.

DANÇA / EXPRESSÃO DRAMÁTICA / TEATRO

Apropriação e reflexão

  • Distinguir diferentes possibilidades de movimentação do corpo, no espaço.
  • Adequar movimentos do corpo com estruturas rítmicas marcadas pelo professor integrando diferentes elementos do tempo e da dinâmica.
  • Utilizar movimentos do corpo com diferentes relações (os outros, o espaço, objetos, ambientes).
  • Identificar diferentes estilos e géneros de dança ou teatro, através da observação de diversas manifestações do património artístico.
  • Relacionar a apresentação de obras de dança ou teatro com o património artístico, compreendendo e valorizando as diferenças.
  • Contextualizar conceitos fundamentais dos universos coreográficos/performativos.
  • Reconhecer a dimensão multidisciplinar do teatro.
  • Identificar, em manifestações performativas, personagens, cenbrios, ambientes…
  • Reconhecer diferentes formas de usar a voz: altura, ritmo e intensidade.

Interpretação e comunicação

  • Reconhecer os efeitos benéficos e o valor do desempenho artístico.
  • Interagir com os colegas e o professor sobre as experiências de movimento.
  • Interpretar o seu papel coreográfico.
  • Interagir com os colegas no sentido da procura do sucesso pessoal e o do grupo.
  • Emitir apreciações e críticas pessoais sobre trabalhos observados em diferentes contextos.
  • Distinguir jogo dramático, improvisação e representação.
  • Reconhecer especificidades do texto dramático.
  • Exprimir opiniões pessoais.

Experimentação e criação

  • Explorar e apresentar possibilidades motoras e expressivas do corpo em diferentes atividades.
  • Adequar as possibilidades expressivas da voz a diferentes contextos e situações.
  • Transformar objetos experimentando materiais e técnicas para obter efeitos distintos.
  • Construir personagens.
  • Produzir, sozinho ou em grupo, pequenas cenas.
  • Construir ou recriar, individualmente ou em grupo, sequências de movimento/pequenas coreografias a partir de estímulos vários.